23 de jul de 2009

CINOMOSE

É uma doença causada por um vírus que pode ser encontrado no fluxo ocular e nasal. É encontrado também no sangue circulante do enfermo durante sua evolução, determinando vários sintomas abaixo descritos.
O agente etiológico da cinomose - O CDV - é um vírus da gênero dos morbillivírus e família Paramyxoviridae, aparentado com o do sarampo humano e da peste bovina. Todos três são RNA (ETTINGER11). Sendo que o CDV foi isolado pela primeira vez em 1905 (TIMBOL15).

A Cinomose Canina é uma doença doença febril, altamente contagiosa, causada por vírus (família Paramyxoviridae).

O vírus é sensível a solventes lipídios e a maioria dos desinfetantes e é instável fora do organismo do hospedeiro. Os filhotes se tornam mais suscetíveis ao vírus quando diminuem os seus títulos de anticorpos maternos proveniente do colostro, isto ocorre em média a partir da 6a. semana. A doença ocorre com maior freqüência em cães jovens, porém cães de todas as idades poderão ser infectados.

O tecido interno dos pulmões quando se inflama sob ação do vírus, determina aparecimento de pneumonia, o mesmo ocorrendo com o revestimento mucoso do estômago e intestinos, determinando gastrite e enterite. Em alguns casos a evolução da doença é predominantemente nervosa, pela ocorrência de inflamação exclusiva da meninge e conseqüente meningite virótica.

Os cães morrem mais de cinomose do que de outra doença infecciosa. Esse é um vírus altamente contagioso que se espalha pelo contato direto ou através do ar. Um cão saudável e forte pode sobreviver à cinomose, normalmente com sintomas relativamente brandos. Por outro lado, se o sistema imunológico de seu cão não tem resistência, todo seu corpo pode ser dominado pelo vírus, bem como bactérias que se aproveitam para causar infecções secundárias.

TRANSMIÇÃO

sua transmissão é principalmente por via aérea, principalmente através dos aerosois de secreções dos animais infectados, que poderão eliminar o vírus por vários meses.

SINTOMAS
Os sinais clínicos, duração e gravidade da doença irão depender de alguns fatores tais como: estado imunológico do animal, virulência da cepa, órgãos afetados pelo vírus entre outros. Os sinais clínicos podem ou não seguir uma cronologia, porém geralmente a Cinomose é uma doença aguda e febril.

Gerais: secreções nasais, conjuntivites, tosse, diarréia, vômito e problemas neurológicos que podem levar o animal à morte.

A cinomose geralmente acontece em dois estágios:
1. Três a quinze dias após a exposição ao vírus, o cão desenvolve uma febre, que dura de 1 a 3 dias, não quer comer, não tem energia e seus olhos e nariz começam a gotejar. Outros sinais do primeiro estágio da cinomose são tosse seca, diarréia e bolhas de pus no estômago; e,
2. Algum dia ou semanas após o primeiro pique febril ocorre o segundo pique, podendo durar uma ou mais semanas. A descarga de seus olhos e nariz começa a ficar espessa, amarela e pegajosa - o clássico sinal de cinomose. O segundo estágio da cinomose é ainda mais grave, pois a doença pode começar a afetar o cérebro e até a espinha dorsal. Um cão neste estágio pode babar freqüentemente, sacudir sua cabeça ou agir como se estivesse com um gosto ruim na boca. Às vezes tem convulsões, fazendo com que ande em círculos, caia e chute o ar. Mais tarde, parece confuso, andando a esmo e se encolhendo frente às pessoas. Nesta fase podem surgir também sintomas a nível dos tratos gastrointestinais e respiratório. Através de exames laboratórios do sangue, o médico veterinário, já poderá observar algumas alterações.

Infelizmente, quando a doença chega no segundo estagio, não há muita esperança de sobrevivência para o cão. Os cães que sobrevivem freqüentemente têm danos neurológicos (cérebro e nervos) permanentes. A cinomose também pode se espalhar para os pulmões, causando pneumonia, conjuntivite e passagens nasais inflamadas (rinite); também pode se espalhar para a pele, fazendo-a engrossar, especialmente na planta dos pés. Essa forma de cinomose é chamada de doença da pata grossa. A cinomose tem mais probabilidade de atacar cães filhotes de nove a doze semanas de idade, especialmente se vierem de um ambiente com muitos outros cães (abrigo de animais, loja de animais, canis de criação).

FORMAS CLÍNICAS DA DOENÇA

RESPIRATÓRIO - os sintomas clínicos mais comuns são: corrimento nasal mucopurulento; descargas nasais; dispnéia, acumulo de material mucopurulento no canto medial dos olhos; tosse seca que poderá se tornar úmida e produtiva, apatia e anorexia (perda do apetite). Inflamação da faringe e laringe provocando tosse, assim como da traquéia e dos próprios pulmões, ocorrendo pneumonia.

Uma infecção bacteriana secundária tanto no trato respiratório quanto digestivo vêm num estágio mais avançado da doença, causando aparecimento de lesões mais graves além de corrimentos purulentos. De início ocorrem em geral vômitos, corrimento seroso nos olhos e nariz para em seguida o corrimento se transformar em purulento por associação bacteriana.

DIGESTIVA - A nível do trato gastrointestinal os sinais comumente encontrados são: vômitos e diarréias podendo ser estas catarrais e/ou hemorrágicas.

O aparelho digestivo é o predominantemente afetado, com vômitos e diarréia, de início serosa para se tornar hemorrágica e purulenta em seu final.

NERVOSA - Com o agravamento da doença, pode ocorrer o aparecimento de sintomatologia nervosa quando o sistema nervoso é afetado. A partir deste momento a probabilidade de recuperação se tornam mais remota, existindo uma gama de sintomas neurológicos, tais como: convulsões, enfraquecimento e paralisia dos membros, principalmente os posteriores, sintomas cerebelares (tremores de cabeça, hipermetria) e vestibulares(cabeça pêndula, ataxia, nistagmo).

Ocorre ainda contração localizada de um músculo ou grupo de músculos (tiques, espasmos), ataques convulsivos caracterizados por movimentos de mastigação da mandíbula com salivação, que se tornam mais freqüentes e graves. Observam-se, ainda, movimentos de andar em circulo e "pedalar", usualmente com micção e defecação involuntária.

Predominantemente sinais nervosos, com sintomas típicos de encefalite, como convulsão. Ocorre ainda contração localizada de um músculo ou grupo de músculos (tiques, espasmos), ataques caracterizados por movimentos de mastigação da mandíbula com salivação, que se tornam mais freqüentes e graves. Observa-se ainda movimentos de andar em circulo e "pedalar", usualmente com micção e defecação involuntária

CUTÂNEA - É a forma mais benigna da doença, quando os sinais comprovados são unicamente na pele (vesículas e mesmo pústulas), ou mucosas, aparecendo conjuntivites serosas breves, tendo evolução para cura rápida sem maiores complicações. Os animais vacinados que não adquiriram por alguma razão conveniente imunidade, em geral exteriorizam esta forma da doença.

O curso da doença pode ser rápido (10 dias) ou se prolongar por semanas e/ou meses. Os animais que sobreviverem à Cinomose, poderão se recuperar normalmente, ou então, ter seqüelas para o resto de suas vidas, tudo irá depender da gravidade da doença.

Se você não levou seu cão ao veterinário antes deste sintoma aparecer, você deve levá-lo agora..

DIAGNÓSTICO

TRATAMENTO

O tratamento consiste na terapia sintomática e de suporte. Aconselha-se o uso de antibióticos de amplo espectro para controle de infecções bacterianas; fluidoterapia para recuperar o balanço eletrolítico comprometido pelos episódios de vômito e diarréia; complexo B associado a aminoácidos de propriedades neutróficas. A imunoprofilaxia passiva artificial é indicada tanto como preventivo, administrado aos animais que convivam com um CDV positivo, ou como curativo em animais que já apresentem os sintomas. O soro imune pode ser feito a partir de sangue de coelhos saudáveis. Existe no mercado, entretanto, um fármacos disponíveis, dentre eles o Cino-Globulin. Ele consiste numa solução de imunoglobulinas contra os agentes da cinomose, leptospirose e hepatite infecciosa e anticorpos contra os agentes causadores das infecções secundárias: Bordetella bronchiseptica, Streptococcus sp e Salmonella thyphimurium. Como preventivo ele é administrado SC na dose de 0,5 a 1,0 ml/KPV. Como curativo ele é administrado SC na dose de 1,0 a 2,0 ml/KPV com reforço a cada 24/48h.

Se seu cão foi diagnosticado como portador de cinomose, seu veterinário lhe dará fluidos intravenosos para substituir o que ele perdeu, medicamentos para controlar a diarréia e o vômito e antibióticos para combater infecções secundárias

É disponível o chamado Soro Hiperimune (Gama Globulinas específicas), associado aos antibióticos de largo espectro para combate das infeções secundárias concomitantes. Tratamento sintomático, como por exemplo controle do vômito, da gastrite e da conjuntivite que é também oportuno com a finalidade de ser evitado possível complicação como úlcera da córnea e mesmo panoftalmia.

PREVENÇÃO

O vírus tem boa resistência em baixas temperaturas. Já, temperaturas acima de 60ºC o destrói em 30 minutos. Desinfetantes do tipo do Lisol na concentração de apenas 1 % o destrói rapidamente.

A Cinomose é uma doença que pode ser evitada, basta que se siga corretamente as vacinas a partir de 45 dias, consulte o seu veterinário.

IMUNIZAÇÃO

A vacina contra a Cinomose deve ser aplicada de preferência nas fêmeas antes da cobertura, pois terão sua imunidade aumentada para que durante a gestação tenham a oportunidade de através da placenta conferirem a seus futuros filhotes uma razoável imunidade passiva.

Posteriormete ao parto, durante a amamentação, tal imunidade conferida pela vacina aplicada na mãe será transmitida aos filhotes recém-nascidos, pelos anticorpos contidos principamente no primeiro leite, o colostro, protegendo então os filhotes contra a doença até que tenham idade suficiente para que possam ser imunizados com a mesma vacina.

A primeira dose da vacina deve ser aplicada nos filhotes 15 dias após o desmame, por volta de 45 dias de vida.
Revacinações anuais são também recomendadas, tanto aos filhotes quanto aos animais mais velhos susceptíveis de também virem a contrair a doença.

Confira o esquema de vacinação


BIBLIOGRAFIA

http://www.center.vet.br/cinomose.html

http://www.geocities.com/gescanis/cinomose.htm

22 comentários:

  1. Atenção!
    Eu tratei o meu cachorro de cinomose com Vitamina A e levando ao veterinário para dar antibióticos e baixar a febre. Com febre os cachorros se recusam a comer. As informações abaixo vem da wikipedia, que diz que de acordo com um artigo científico o tratamento com a Vitamina A funcionou em 100% dos casos. Ainda a wiki, diz que a dosagem suportada por cachorros de Vitamina A seria de 300.000 UI/kg, o meu cachorro tem 20 kg e eu dei mais ou menos 300.000 UI por dia, em comprimidos de 50.000 UI cada, por 1 mês, levando para o veterinário para tratar os outros sintomas, funcionou para o meu cão. Segue as informações:

    "A primeira constatação foi quando a indução de altos níveis séricos de Vitamina A, que é um tratamento ostensivamente utilizado para tratamento de sarampo, produziu um efeito de 100% de cura em animais experimentalmente infectados. O grupo que não recebeu a suplementação todo veio a óbito."
    "A constatação da eficácia da Vitamina A no tratamento da cinomose encontra nos carnívoros, especialmente nos cães, um aliado excepcional, que é sua capacidade de conversão da Vitamina A em ésteres não tóxicos. Para os cães em especial existe um valor de referência para mensurar o risco da hipervitaminose, um estudo realizado nos Estados Unidos constatou que é preciso uma dosagem de 300.000 UI/kg diária, durante trinta dias, para que os primeiros sinais de hipervitaminose apareçam; e é preciso sessenta dias de ingestão dessa dosagem para levar o animal a óbito."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual nome do remedio que vc deu ? Envio o nome para o wzap 37 9 8835 1670 obrigado .

      Excluir
  2. meu cão foi detectado no exame a cinomose,levei ao veterinário e ele tratou.com
    penicilina de 500 mg 1/2 comprimido trez vezes ao dia,aravit de 50.000 02 comprimido duas vezes ao dia,vitamina A. Cintoneurim de 500 mg, uma vezes por dia, vitamina E,C,E INJEÇÃO DE CINOGLOBINA DOSE UNICA DE 10 ML.kEROVIT POMADA PARA OS OLHOS,COMPLEXO b 12.E COLIRIO.O SUCO DO QUIABO E FIGADO DE GALINHA.APOS 55 DIAS DE TRATAMENTO ESTA TOTALMENTE RECUPERADO SEM SEQUELAS.GASTEI QUASE 1.600,00 REAIS.DIPIRONA PARA FEBRE,AGORA SÓ FALTA A VACINA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gastei 1000 de internação e nem diagnóstico certo não deram pro meu.

      Excluir
    2. Gastei 1000 de internação e nem diagnóstico certo não deram pro meu.

      Excluir
  3. meu cão foi detectado no exame a cinomose,levei ao veterinário e ele tratou.com
    penicilina de 500 mg 1/2 comprimido trez vezes ao dia,aravit de 50.000 02 comprimido duas vezes ao dia,vitamina A. Cintoneurim de 500 mg, uma vezes por dia, vitamina E,C,E INJEÇÃO DE CINOGLOBINA DOSE UNICA DE 10 ML.kEROVIT POMADA PARA OS OLHOS,COMPLEXO b 12.E COLIRIO.O SUCO DO QUIABO E FIGADO DE GALINHA.APOS 55 DIAS DE TRATAMENTO ESTA TOTALMENTE RECUPERADO SEM SEQUELAS.GASTEI QUASE 1.600,00 REAIS.DIPIRONA PARA FEBRE,AGORA SÓ FALTA A VACINA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu está internado espero que melhore

      Excluir
    2. Qual porte do seu cão?

      Excluir
  4. Meu cachorro está com um diagnóstico complicado, já é o segundo vet. que estou levando, na verdade a segunda é oficial. No hemograma que a médica dele passou ela o diagnosticou com a doença do carrapato, e ele começou o tratamento, apresentou melhoras, mas nesse fim de semana ele começou a tossir, muito, até que na segunda feira ele desmoronou completamente, já latia fraco e com um ruído, febre, se levantava com dificuldades... Levamos a vet. no outro dia, ele amanhecera pior, gemeu o dia todo com dor, nem conseguia ficar de pé... Chegando lá, a médica nos falou que ele está com uma broncopneumonia e passou outro hemograma, pois acredita que ele tenha contraído cinomose... Não aguento ver meu cachorro sofrer, queria tanto vê-lo em pé novamente, ela passou uma série de medicamentos, ele está tomando todos, mas o sofrimento tá sendo inevitável...
    À tarde meus pais buscarão o exame e saberão o diagnóstico, meu Deus é possível que meu Dog Alemão sobreviva? Como posso salvá-lo? Foi doença do carrapato? Ou é essa praga da cinomose? Quero ver meu cachorro latir, correr, brincar novamente! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou na mesma situação que vc..... como está seu cãozinho

      Excluir
  5. A minha esta com as mesmas características porem estou sem condiçoes de levar o tratamento adiante !!!

    ResponderExcluir
  6. Boa noite! Meu amigo cão. .. Tb esta com cinomose(doença miserável) um sofrimento enorme! Estou tratando com vitamina A Arovit... Cintoneurin... Rabivirina... Ja tomou tb vacina que veterinario passou sao 3 doses 48 em 48 hrs... Esqueci o nome! Ja de imediato seguido de mais ou menos 3 dias ele ficou prostrado, com olhos caídos cheio de remela... Com febre... Coluna arriou...nao anda , nao tem firmeza nas pernas traseiras... Recusa a comer sozinho! Ficou 15 dias com sintomas neurológicos fortes mexendo a cabeça pra um lado e pro outro... Tem uns 2 dias que melhorou esta mexeçao de cabeça... Mais hoje deu uma coisa na cabeça que entrei em desespero! Parecia que cérebro dele tava pulando e repuxava ate os olhos... Entrei em panico! Outra coisa, esta com diarreia tem uns 6 dias ... Muito aguada! E nenhum remedio melhora! Ele ainda esta bem forte! Porque dou comida e água ciringa! Alguem me ajuda? Me de uma luz... Agradeço de coraçao! Sei a dor de todos ! Vamos nos ajudar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi como está seu amigão!Meu cachorrinho está com estes mesmos sintomas a cabeça pulsa demais já não anda a cabeça não tem firmeza desde o dia 10/06 que estamos sofrendo com essa doença correndo para veterinário de madrugada.No começo ele fazia xixi muito amarelo denso vomitou sangue e as fezes era bem preta estamos muito tristes mas com a esperança que ele vai sair dessa.

      Excluir
    2. Oi como está seu amigão!Meu cachorrinho está com estes mesmos sintomas a cabeça pulsa demais já não anda a cabeça não tem firmeza desde o dia 10/06 que estamos sofrendo com essa doença correndo para veterinário de madrugada.No começo ele fazia xixi muito amarelo denso vomitou sangue e as fezes era bem preta estamos muito tristes mas com a esperança que ele vai sair dessa.

      Excluir
    3. Oi como está seu amigão!Meu cachorrinho está com estes mesmos sintomas a cabeça pulsa demais já não anda a cabeça não tem firmeza desde o dia 10/06 que estamos sofrendo com essa doença correndo para veterinário de madrugada.No começo ele fazia xixi muito amarelo denso vomitou sangue e as fezes era bem preta estamos muito tristes mas com a esperança que ele vai sair dessa.

      Excluir
    4. Para alimentar o meu cachorro, tentei seringa, mas o que funcionou de verdade foi um pote de mostarda comprado na loja de 1,99. Cortamos o bico para abrir mais. E batemos a ração no liquidificador com água de coco, e dou várias vezes por dia até ele comer quase o que comia normalmente. Coloco no lado da boca, sem passar pelos dentes, e ele come. Espero que ele fique bem. Tem um ano, é vacinado, e mesmo assim teve essa doença horrorosa.

      Excluir
  7. Olá. Minha cachorra foi diagnosticada com cinomose há 1 semana. Ela está apresentando falta de apetite, diarreia as vezes e tambem uma pequena secreção amarelada nos olhos que aparece as vezes. Teve 2 episodios de febre alta. Iniciei o tratamento recomendado pela veterinária com ribavirina e vitamina A, leucogem e suplementos. Estou desesperada como muito medo de perder minha filha. Estou dando Comida, soro, agua de Coco e suco de quiabo na seringa, as vezes ela arrisca aceitar uns pedacos de franco desfiado ou alguns carocinhos de racao quando insisto muito. Gente, me ajudem a otimizar o tratamento dela!!! O que posso fazer pra aumentar a imunidade dela pra q consiga combater esse virus... por favor, qualquer dica, receita caseira, remédios... tudo é válido... mas me ajudem por favor!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola uma dica nao vai atraz de receita caseira de remedio o tratamento correto e antiotico agrovet q tem penecilina e antiinflamatorio e b12 ferron ferron e o nome fantazia ok e essa medicacao e toda injetavel esse b12 e de uso vetrinario ok nao o de farmacia ok e por fim muita comida de preferencia o que seu cao gosta ok porque o que vai ajudar e a alimentcao pois assim ele vai ficar forte e ajudando a aumetar a imunidade

      Excluir
  8. mas nunca esqueca procure um veterinario acredito que um bom profissional vai indicar isso depedendo do grau da doenca ok espero ter ajudado mas lembre nao va atras de recita de remedio caseiro ok e se vc quiser tem video no youtube a respeito disso ok tem ate o trtamento com os remedios que te passei mas nao esqueca de ir ate o vetrinario e lembre lute pelo seu cao e muita fe blza

    ResponderExcluir
  9. Essa doença é lamentável, minha amiga Susy deu a luz a 15 dias, a 5 dias atrás, começou apresentar dificuldade para se levantar, perder sangue, não querer comer e foi diagnosticada com essa doença. Os remédios não minimizaram a dor em nada e ela gritava a noite toda, meu veterinário disse que não tinha mais o que fazer. Ela deixou 3 bebezinhos lindos e tenho medo desse vírus ter passado a eles. Tenho mais duas princesa e li que o ambiente fica contaminado por um tempo, de forma que a preocupação de que essas também se contamina também me preocupa.

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde ontem perdi uma cachorra pra cinomose
    Tenho uma dor no coração que não sei como vou fazer pra esquecer ela
    Tirou 11 dias internada
    Ontem atacou a parte neurológica
    Era horrível de ver meu Deus tinha tanta esperança
    Mas o problema que tenho outra em casa que o veterinário diz que também está contaminado
    Ela tá Com conjuntivite patas ressecadas focinho seco
    Pulsa o lado esquerdo da cabeça e da umas repuchadas no corpo
    Está se alimentando normal
    Só não bebe muita água
    Daí dou na seringa soro caseiro
    Água de cocô
    Quiabo gadoreide
    Tá tomando antibiótico por que tava com tosse
    Será que ela se salva
    Já não tenho esperança
    Pois perdi a outra que tava internada 11dias
    O veterinário disse que essa possa se salvar tudo depende do seu organismo
    Me ajudem falem que mais posso fazer.

    ResponderExcluir